Tratamentos/ Dermatologia Clínica

Rosácea

Com a chegada do frio, a rosácea costuma se acentuar e a pele precisa de
mais cuidados. O surgimento de vermelhidão na face, especialmente nas
bochechas, é a sua manifestação mais comum, mas a rosácea vai muito
além disso.

Mais comum em pessoas de pele e olhos claros, ela varia de intensidade de
acordo com a genética e fatores ambientais desencadeantes, como o frio,
vento, estresse, ingestão de alguns tipos de alimentos e consumo de álcool.
Em quadros mais graves, pode apresentar lesões inflamatórias –
semelhantes a espinhas – até a formação de deformidades no nariz,
chamadas de rinofima. O acometimento ocular é bastante comum e precisa
de atenção, pois quadros de ressecamento ocular, vermelhidão e
desconforto devem ser avaliados pelo oftalmologista.

O tratamento dermatológico da rosácea é fundamental para manter o quadro
sob controle e não prejudicar a qualidade de vida do paciente. O uso de
produtos diários apropriados e proteção solar são fundamentais e de acordo
com a necessidade do caso o médico dermatologista irá indicar tratamento
tópico ou sistêmico, que pode ser combinado com sessões de laser e luz
para melhora dos vasinhos e vermelhidão faciais.

Procure o dermatologista para cuidar adequadamente da sua pele. Em caso
de dúvidas, estamos à disposição.

Nossas publicações têm caráter meramente informativo e não substituem a
consulta médica presencial. Não faça autodiagnostico, autotratamento ou
automedicação. Em caso de dúvidas, consulte o seu médico dermatologista.

×